Topo
Blog Olhar Olímpico

Blog Olhar Olímpico

Cartola do rúgbi será candidato à presidência do COB em meio a racha

Demétrio Vecchioli

29/11/2019 15h46

Sami Arap Sobrinho (Tato Riquelme)

Poucas horas depois de a assembleia do Comitê Olímpico do Brasil (COB) rechaçar parte da proposta de alteração do estatuto, Paulo Wanderley ganhou um adversário político de peso. O advogado Sami Arap Sobrinho, ex-presidente da Confederação Brasileira de Rúgbi (CBRu) e atual presidente do Conselho Consultivo do rúgbi será candidato na eleição presidencial do COB marcada para o segundo semestre do ano que vem.

"Quando eu cheguei do trabalho ontem (29), recebi uma ligação do Anders Pettersson, presidente da confederação de neve, com quem eu tinha estado pessoalmente em Nova York um mês atrás, estávamos conversando sobre questões do mundo esportivo e ele virou e falou: 'Um cara como você, já pensou em se candidatar?'. Depois, ontem à noite mesmo, um jornalista me ligou e me perguntou se eu seria candidato. E eu disse: 'Isso é verdade. Nunca me perguntaram e se você quiser saber eu tendo o apoio de colégio eleitoral, eu seria candidato sim", contou Arap ao Olhar Olímpico

LEIA MAIS:

+ Auditoria acha fraudes em contratos de tecnologia do COB

+ COB faz assembleia secreta para alterar estatuto e afrouxar compliance

+ Washington troca governo pela CBF e ex-nadadora assume seu lugar

Ainda que diga que não é "nem situação nem oposição" a Paulo Wanderley e que é apenas uma coincidência sua candidatura ser decidida agora, chama atenção que o cartola do rúgbi se coloque no pleito exatamente após o atribulado dia de ontem no COB.

Membro do Conselho de Ética do comitê, Sami Arap só ficou sabendo na quarta-feira à noite que Paulo Wanderley havia apresentado uma minuta de alterações no estatuto, para ser votada na quinta à tarde, acabando com a autonomia do órgão. Outras medidas, como o fim do cargo de gerente de conformidade, causaram revolta em parte significativa da comunidade esportiva.

Dirigentes há muito tempo no mundo olímpico saíram em defesa de Paulo Wanderley, mas atletas e dirigentes que pregam melhores mecanismos de transparência e governança sentiram-se desconfortáveis. A candidatura de Arap chegaria para abraçar exatamente esse segundo grupo. Foi ele um dos idealizadores, por exemplo, do Rating Integra, que avalia confederações a partir de parâmetros de governança.

"Eu não me considero cartola. Odeio quando falam que sou ex-cartola, fui atleta de clube, vesti camisa do Brasil dentro e fora do país, e me tornei o primeiro presidente da confederação quando houve um alinhamento dos líderes do rúgbi para que eu assumisse a confederação. Quando eu tive contrato com o mundo olímpico, em uma reunião em 2010, sentei ali e só tinha dois atletas. Isso marcou minha vida: o Nuzman falando que tinha dois ex-atletas de seleção ali", diz Sami, que defendeu a seleção brasileira até 1991 e jogou até 1996.

Advogado, ele divide seu tempo entre São Paulo, onde tem escritório (que fez parte do consórcio com a firma de Raí na modelagem de negócio da concessão do Pacaembu), e os Estados Unidos, onde mora a esposa e as filhas. "Não vou fazer campanha, mas eu não preciso sair por aí explicando quem eu sou. No momento adequado, tem chão pela frente até daqui a 12 meses, imagino que a administração do COB convide os candidatos a falar na frente do colégio eleitoral e expor suas ideias."

Sami deve concorrer contra Paulo Wanderley, que pretende buscar a reeleição. O atual presidente, porém, vem afirmando nos bastidores que só irá tocar publicamente no assunto 'sucessão' depois de encerrados os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Sobre o autor

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Focado na cobertura olímpica, produziu o Giro Olímpico para o UOL e reportagens especiais para a revista IstoÉ 2016. Criador do Olimpílulas, foi colunista da Rádio Estadão e blogueiro do Estadão, pelo qual cobriu os Jogos do Rio-2016.

Está disponível para críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas no demetrio.prado@gmail.com.

Sobre o blog

Um espaço que olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. Aqui tem destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa.

Blog Olhar olímpico