Topo
Blog Olhar Olímpico

Blog Olhar Olímpico

Ex-Coração Valente, Washington Cerqueira é enfim nomeado secretário

Demétrio Vecchioli

2012-04-20T19:11:14

12/04/2019 11h14

Washington (Rafael Andrade/TBA)

Há exatos dois meses já se sabia que o ex-atacante Washington "Coração Valente" havia sido escolhido secretário nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social. Só nesta sexta-feira (12), porém, é que a nomeação do ex-deputado federal pelo PDT do Rio Grande do Sul foi publicada em Diário Oficial. Até então, ele vinha trabalhando sem receber salários – e sem poder assinar documentos. Ele foi nomeado pelo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), de quem foi suplente na Câmara nos últimos três meses da última legislatura.

+ TCU contradiz governo e avisa: COB precisa de certidão para ter Lei Piva
+ STF forma maioria para derrubar lei que rebaixava clubes devedores

Junto com o novo cargo vem também uma mudança de tratamento. Em material enviado à imprensa, a Secretaria Especial de Esporte já trata o ex-jogador por seu sobrenome, raramente usado quando ele atuava no futebol: Washington Cerqueira. Ao apresentar o novo secretário, a pasta lembra que ele foi duas vezes artilheiro do Brasileirão.

"O esporte me deu muitas oportunidades, de me transformar num cidadão, de fazer com que a minha vida pessoal fosse transformada. Então acredito que agora a minha função é devolver ao esporte, principalmente para as crianças, aquilo que aprendi e ganhei por meio do esporte", afirmou Washington, em declaração divulgada pela assessoria de imprensa da pasta.

Washington tem o cargo mais desejado da secretaria (ex-ministério) de Esporte. O secretário da SNELIS, como é conhecida sua pasta, é o responsável por assinar centenas de contratos para a realização de obras e projetos sociais/esportivos/educacionais pelos rincões do país. É a caneta dele que agrada deputados e senadores quando o governo precisa de apoio legislativo.

O cargo estava inicialmente prometido para Carla Ribeiro, ex-atleta de artes marciais e esposa do consultor Antônio Flávio Testa, que foi o principal conselheiro político de Jair Bolsonaro durante a campanha na área de esporte. Ela chegou a ser anunciada no cargo, mas não nomeada. Estava trabalhando na secretaria quando veio a ordem de cima para que Washington ficasse com a cadeira. Teria sido uma exigência de Onyx e do ministro Osmar Terra (MDB), ambos gaúchos.

Sobre o autor

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Focado na cobertura olímpica, produziu o Giro Olímpico para o UOL e reportagens especiais para a revista IstoÉ 2016. Criador do Olimpílulas, foi colunista da Rádio Estadão e blogueiro do Estadão, pelo qual cobriu os Jogos do Rio-2016.

Está disponível para críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas no demetrio.prado@gmail.com.

Sobre o blog

Um espaço que olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. Aqui tem destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa.