Topo
Blog Olhar Olímpico

Blog Olhar Olímpico

Doria volta a criticar autódromo no Rio e vê 'boa perspectiva' por F1 em SP

Demétrio Vecchioli

18/10/2019 18h34

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou a criticar nesta sexta-feira (18) a possibilidade de se construir um autódromo no Rio de Janeiro, que concorre com a cidade de São Paulo pelo GP Brasil de Fórmula 1 a partir de 2021. Em entrevista coletiva para anunciar a realização de um rali da marca Sertões no Estado, Doria foi perguntado sobre a negociação com a F1 e respondeu em tom positivo.

"Temos uma boa perspectiva. Daqui a pouco tem o GP Brasil e nós temos tido diálogo constante com os executivos que detêm o controle da Fórmula 1. Vamos ter uma coletiva oportunamente para anunciar isso, junto com o Bruno Covas (PSDB), lembrando que esse é um evento de ordem municipal. O autódromo é municipal, será concedido muito em breve, mas continuará sendo um evento de São Paulo", afirmou, sem deixar claro se a entrevista coletiva seria sobre a privatização do autódromo, prometida por Doria em campanha à prefeitura, ou para trata do GP deste ano.

Como vem fazendo desde que o Rio de Janeiro passou a pleitear o GP Brasil com o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PSL), Doria aproveitou para criticar a ideia de se construir um novo autódromo no Rio, mais especificamente em Deodoro.

"Não faz sentido o Rio de Janeiro, ainda que com dinheiro privado, se viável fosse, colocar um bilhão de reais para construir um autódromo se já temos um autódromo que já é aprovado pela F1, já é aprovado pelos pilotos, já é aprovado pela FIA, já funciona bem. Não temos necessidade de estabelecer rivalidades desnecessárias. O Rio tem suas vocações, música e entretenimento é uma delas, e São Paulo já tem tradição de 25 anos de F1. Não há razão para disputa regional", afirmou, completando que está otimista com as negociações e elogiando o Rock In Rio como um evento realizado sem dinheiro público – na verdade, a prefeitura do Rio deu incentivo fiscal para o festival.

Como mostrou o UOL Esporte na quarta-feira, São Paulo avançou nas negociações para manter a F1 na cidade. Um representante do prefeito Bruno Covas esteve em Londres há cerca de duas semanas para discutir valores com Chase Carey, CEO da categoria. O pedido da F1, porém, ainda é distante do que os organizadores paulistas topam pagar.

 

Sobre o autor

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Focado na cobertura olímpica, produziu o Giro Olímpico para o UOL e reportagens especiais para a revista IstoÉ 2016. Criador do Olimpílulas, foi colunista da Rádio Estadão e blogueiro do Estadão, pelo qual cobriu os Jogos do Rio-2016.

Está disponível para críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas no demetrio.prado@gmail.com.

Sobre o blog

Um espaço que olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. Aqui tem destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa.

Blog Olhar olímpico