Topo
Blog Olhar Olímpico

Blog Olhar Olímpico

Ana Marcela é tetracampeã mundial dos 25km em prova de cinco horas

Demétrio Vecchioli

19/07/2019 01h15

Ana Marcela Cunha (M.A. Teixeira TexBank Image/Nissan)

Ana Marcela Cunha é tetracampeã mundial da prova mais longa das maratonas aquáticas. Confirmando o favoritismo, a baiana fechou sua participação no Mundial de Esportes Aquáticos de Gwangju (Coreia do Sul), nesta sexta-feira (19), com a sua segunda medalha de ouro na competição, desta vez nos 25 quilômetros, em prova que durou 5 horas e 8 minutos.

LEIA MAIS:

+ Nathalie é campeã mundial 7 meses após volta à esgrima e chora pelo pai

+ Ana Marcela Cunha é campeã mundial da maratona aquática nos 5km

O título é o quarto de Ana Marcela nos 25 quilômetros, prova que ela também ganhou nos Mundiais de 2011, 2015 e 2017. Na carreira, a baiana de 27 anos chega à sua quinta medalha de ouro nos Mundiais de Esportes Aquáticos. Nessa conta entra também o título dos 5 quilômetros obtido na última quarta-feira (17).

No total são 11 medalhas em Mundiais de Esportes Aquáticos e 12 em Mundiais de uma forma geral – em 2010 ela foi ao pódio no Mundial de Maratona Aquática, competição que não existe mais. Na Coreia do Sul, Ana Marcela ainda ficou em quarto no revezamento misto, de 5 quilômetros, e terminou em quinto na prova de 10 quilômetros, distância olímpica.

Na prova desta sexta, Ana Marcela foi vendo suas adversárias ficarem pelo caminho à medida que o tempo passava. Em uma manhã de muita chuva, vento e mar mexido, a baiana aproveitou-se de condições que lhe são favoráveis. No último quilômetro, a alemã Finnia Wunram e a francesa Lara Grangeon até estavam perto da baiana, mas com muito menos fôlego para o sprint final.

Sobre o autor

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Focado na cobertura olímpica, produziu o Giro Olímpico para o UOL e reportagens especiais para a revista IstoÉ 2016. Criador do Olimpílulas, foi colunista da Rádio Estadão e blogueiro do Estadão, pelo qual cobriu os Jogos do Rio-2016.

Está disponível para críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas no demetrio.prado@gmail.com.

Sobre o blog

Um espaço que olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. Aqui tem destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa.