Topo
Blog Olhar Olímpico

Blog Olhar Olímpico

Com delegação jovem, Brasil é 3º nos Jogos Sul-Americanos de Praia

Demétrio Vecchioli

2025-03-20T19:15:59

25/03/2019 15h59

Brasileiros comemoram medalhas em Rosario

Com uma delegação formada principalmente por jovens atletas, o Brasil ficou em terceiro lugar no quadro de medalhas dos Jogos Sul-Americanos de Praia, encerrados no sábado (23) em Rosario, na Argentina. Foram 11 medalhas de ouro, nove de prata e seis de bronze. A Argentina, dona da casa, terminou em primeiro. O Peru, que se prepara para os Jogos Pan-Americanos de Lima, em julho, ficou em segundo, com dois ouros a mais do que o Brasil.

Nas modalidades que fazem parte do programa olímpico, o Brasil levou jovens a Rosario e só conquistou uma medalha de ouro, com a dupla Ana Patrícia/Rebecca, sensação da temporada – neste fim de semana, elas assumiram a liderança do ranking nacional. Adrielson e Renato ficaram com o bronze.

Na vela, sem nenhum atleta que deve ir a Tóquio-2020, a equipe brasileira ganhou duas pratas na RS:X, com Larissa Schenker (feminino) e Brenno Francioli (masculino), e dois bronzes na Laser com Ricardo Luz (Standard) e Gabriella Kidd (Radial).

Na maratona aquática, com um time juvenil, o Brasil ganhou a prata por equipes e o bronze na prova feminina de 10km, com Aricia Peree. Competindo contra atletas de ponta de Equador e Venezuela, principalmente, Alexandre Finco foi quinto e Bruce Hanson (irmão de Brandonn Almeida) foi sexto na distância olímpica.

No triatlo, também com atletas das categorias de base, o Brasil passou em branco. Luiz Gabriel Pinheiro foi só o 13º entre os homens, enquanto Estefany Lemes foi quarta colocada. A seleção masculina venceu no futebol de praia e no handebol de praia, enquanto a feminina foi prata no handebol. Tênis de praia e stand up paddle garantiram boa parte das conquistas do país.

Sobre o autor

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Focado na cobertura olímpica, produziu o Giro Olímpico para o UOL e reportagens especiais para a revista IstoÉ 2016. Criador do Olimpílulas, foi colunista da Rádio Estadão e blogueiro do Estadão, pelo qual cobriu os Jogos do Rio-2016.

Está disponível para críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas no demetrio.prado@gmail.com.

Sobre o blog

Um espaço que olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. Aqui tem destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa.