Topo
Blog Olhar Olímpico

Blog Olhar Olímpico

Final da Copa vira oportunidade para Putin restabelecer relações com o COI

Demétrio Vecchioli

12/07/2018 15h00

Thomas Bach e Vladimir Putin participam da cerimônia de abertura dos Jogos de Sochi (REUTERS/Phil Noble)

Três anos depois de estourar o escândalo de doping no esporte russo, a final da Copa do Mundo de futebol pode ser determinante para o restabelecimento de relações entre o Comitê Olímpico Internacional (COI) e a o governo russo. No domingo, antes da decisão entre França e Croácia, os presidentes Thomas Bach e Vladimir Putin devem se encontrar em Moscou.

A informação foi publicada pelo site britânico Inside The Games, que cita fontes tanto do Kremlin quanto do comitê olímpico. Como é tradição, Bach foi convidado para a final do Mundial e informou que irá a Moscou. Putin irá aproveitar a oportunidade para um encontro.

Será a primeira vez que os dois estarão lado a lado depois de cerca de três anos. Bach e Putin tiveram relação próxima até 2014, ano em que Sochi organizou os Jogos Olímpicos de Inverno. Em 2015, porém, começaram a emergir as denúncias de que havia um esquema estatal de doping.

Investigadores independentes contratados pelo COI e pela Agência Mundial Antidoping (Wada) concluíram que esse esquema estatal existiu, a ponto de o COI impedir a Rússia de participar dos Jogos de Inverno de PyeongChang como um país, este ano. Terminada a Olimpíada, o comitê olímpico russo teve sua suspensão revogada.

Ainda assim, as relações entre Rússia e COI nunca mais foram as mesmas. Até porque há quem entenda que a Rússia ainda não normatizou seus procedimentos de combate ao doping, ao ponto de a Wada ter mantido a punição à agência antidoping russa e a IAAF manter suspensa a federação russa de atletismo.

Sobre o autor

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Focado na cobertura olímpica, produziu o Giro Olímpico para o UOL e reportagens especiais para a revista IstoÉ 2016. Criador do Olimpílulas, foi colunista da Rádio Estadão e blogueiro do Estadão, pelo qual cobriu os Jogos do Rio-2016.

Está disponível para críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas no demetrio.prado@gmail.com.

Sobre o blog

Um espaço que olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. Aqui tem destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa.