Topo
Blog Olhar Olímpico

Blog Olhar Olímpico

Esportistas vão ao Planalto e saem otimistas por reversão de perdas de MP

Demétrio Vecchioli

20/06/2018 12h13

Entidades se reúnem com ministro Marun (ao centro)

Representantes de diversas entidades participaram, na terça-feira à tarde, de uma reunião no Palácio do Planalto para tratar da MP 841, que tirou mais de meio bilhão de reais anuais do esporte. Recebidos pelo ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, que representou o presidente Michel Temer, os esportistas ouviram promessas de que a situação será revertida.

Pelo que apurou o Olhar Olímpico, o governo indicou que não mediu o impacto que a MP 841 causaria no esporte. Ao anunciar a Medida Provisória, o governo federal argumentou que a verba sairia de uma “gordura'' acumulada pelo esporte graças à Copa do Mundo e da Olimpíada. A MP, porém, retirou o dinheiro que financiava especialmente o esporte de base, escolar e universitário, mexendo muito pouco com o alto-rendimento.

Depois de ouvir os argumentos apresentados pelos esportistas, o próprio Marun teria admitido que a MP passou do ponto e prejudicou o esporte. O deputado federal licenciado, braço direito de Temer, teria pedido um prazo até o fim da semana para articular internamente no governo e junto a deputados e senadores qual a melhor forma de corrigir o erro. A situação deve ser resolvida até 13 de julho, quando começa o recesso.

A tendência é que o governo e as entidades deem suporte à emenda apresentada pelo deputado Leonardo Picciani (MDB-RJ), ex-ministro do Esporte, uma das 95 apresentadas por deputados e senadores até segunda-feira. Foi o próprio Picciani, que na semana passada pediu ao governo humildade em reconhecer seu erro, quem fez a intermediação para que houvesse a reunião entre governo e entidades.

Participaram do encontro ex-atletas como Rogério Sampaio (representante do COB), Emanuel (da Comissão de Atletas do COB), Ana Moser (da ONG Atletas pelo Brasil), Lars Grael (da Comissão Nacional de Atletas). além de dirigentes do Comitê Paraolímpico, do Comitê de Clubes, da Confederação de Desporto Universitário e da de Desportos Escolar.

Já o ministro do Esporte, Leandro Cruz, está na Rússia e comentou com jornalistas brasileiros sobre a situação. “Acho que vamos chegar em um bom termo. O Palácio do Planalto está conduzindo isso de forma correta, na busca do entendimento e da conversa com as entidades da administração esportiva do Brasil. O Ministério do Esporte está participando de tudo com o seu ministro interino. Eu, daqui, estou absolutamente ligado, participando e interagindo, porque isso é uma prioridade absoluta. Acredito que vamos chegar em um bom termo, essa questão está bem conduzida'', apostou.

Sobre o autor

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Focado na cobertura olímpica, produziu o Giro Olímpico para o UOL e reportagens especiais para a revista IstoÉ 2016. Criador do Olimpílulas, foi colunista da Rádio Estadão e blogueiro do Estadão, pelo qual cobriu os Jogos do Rio-2016.

Está disponível para críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas no demetrio.prado@gmail.com.

Sobre o blog

Um espaço que olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. Aqui tem destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa.