PUBLICIDADE
Topo

Olhar Olímpico

Com corte de 41%, Ministério do Esporte confirma que vai rever Bolsa Atleta

Demétrio Vecchioli

24/11/2017 15h00

Depois negar diversas vezes que cogitasse fazer cortes na Bolsa Atleta, o Ministério do Esporte criou nesta sexta-feira uma comissão para discutir mudanças no programa, que é o maior do mundo em financiamento direto ao esporte. A proposta de orçamento para o ano que vem, por enquanto, é de apenas R$ 82 milhões, um corte de 41% na comparação com o orçamento deste ano, de R$ 137 milhões.

Faltando pouco mais de um mês para o fim de 2017, o Ministério do Esporte ainda sequer divulgou os atletas beneficiados pelo programa este ano, a partir dos resultados obtidos em 2016. Pelo que consta no edital, lançado com grande atraso, a divulgação deveria ocorrer entre 26 de outubro e 1º de novembro. Mais de três semanas depois do prazo máximo, até agora nem sinal da lista.

Como no ano passado a lista foi divulgado no dia 22 de julho e os atletas receberam o benefício pelos 12 meses subsequentes, isso significa que, com o atraso deste ano, eles ficarão no mínimo quatro meses completos sem receber o pagamento. Além disso, até agora o Ministério do Esporte não cumpriu o que manda a lei e abriu edital para conceder bolsa aos atletas de modalidades não-olímpicas e não-pan-americanas.

Para o ano que vem, o programa vai mudar. Nesta sexta-feira, o Diário Oficial da União trás a criação de um Grupo de Trabalho para "discutir e formular propostas de aperfeiçoamento para o Programa Bolsa Atleta". Participam do grupo cinco representantes do Ministério do Esporte, dois do COB, dois do CPB, dois da Câmara dos Deputados, dois da Comissão Nacional de Atletas e dois da Organização Nacional das Entidades do Desporto.

O Ministério do Esporte estipulou que o prazo para conclusão dos trabalhos é de 50 dias contados da primeira reunião, podendo ser prorrogado por igual período. Ou seja: a ideia é ter um novo projeto para o Bolsa Atleta até, o máximo, o carnaval.

Ainda que o edital do Bolsa Atleta especifique um limite até 1º de novembro para a divulgação da lista de contemplados, o Ministério Esporte nega que haja atraso. "A lista dos contemplados do Programa Bolsa Atleta está prevista para ser publicada em novembro e, conforme previsto em edital, essa data pode sofrer alteração. O Ministério do Esporte está finalizando o processo de seleção dos atletas, e a relação dos contemplados será divulgada em breve", explicou a pasta.

O ministério reforça que "o programa é prioridade para o governo federal e que tem trabalhado para manter o orçamento no mesmo nível dos anos anteriores".

Sobre o autor

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Focado na cobertura olímpica, produziu o Giro Olímpico para o UOL e reportagens especiais para a revista IstoÉ 2016. Criador do Olimpílulas, foi colunista da Rádio Estadão e blogueiro do Estadão, pelo qual cobriu os Jogos do Rio-2016.

Está disponível para críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas no demetrio.prado@gmail.com.

Sobre o blog

Um espaço que olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. Aqui tem destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa.