Topo
Blog Olhar Olímpico

Blog Olhar Olímpico

Bob Burnquist tem mandato estendido e segue presidente da CBSk até 2020

Demétrio Vecchioli

2018-03-20T19:11:41

18/03/2019 11h41

Assembleia da CBSk prorroga mandato de Bob Burnquist

A assembleia da Confederação Brasileira de Skate (CBSk) resolveu estender por mais 20 meses o mandato de Bob Burnquist como presidente da entidade. O astro do skate, que deveria ficar no cargo apenas até o mês que vem, agora será o mandatário da confederação até dezembro de 2020. Depois, portanto, da estreia do skate como modalidade olímpica em Tóquio-2020.

+ Burnquist defende uso medicinal da maconha e se prepara: 'Quer bater? Bate'
+ De terno, skate e boné, Bob Burnquist desafia padrão entre cartolas

Bob havia sido escolhido para um mandato "tampão" em outubro de 2017. Na ocasião, havia uma disputa política tanto em nível internacional quanto local sobre quais seriam as entidades reconhecidas como as responsáveis pelo skate. O Comitê Olímpico Internacional (COI) reconhecia a federação internacional de patinação, o que fazia com que o Comitê Olímpico do Brasil (COB), por consequência, também entendesse a Confederação Brasileira de Hóquei e Patinação (CBHP) como a organizadora do skate no Brasil.

Os skatistas brasileiros não concordavam com essa determinação e ameaçaram boicotar os Jogos Olímpicos. Líder deles, Bob decidiu assumir um papel de protagonista. Em movimento coordenado, o então presidente da CBSk, Marcelo Santos, renunciou ao cargo, que ficou vago. Burnquist, logo em seguida, foi o único a se apresentar para continuar o mandato.

A estratégia deu certo e no mesmo mês o COB reconheceu a confederação de Burnquist como a responsável pelo skate no Brasil. Desde então a dobradinha COB/CBSk tem dado bons resultados, com a evolução dos resultados internacionais dos principais nomes que compõem a seleção. A continuidade de Bob no cargo era uma decisão natural e foi aprovada por aclamação na assembleia do último sábado.

Nas redes sociais, Bob agradeceu a confiança da comunidade e o trabalho do seu vice, Eduardo Musa, que é quem toca a confederação no dia a dia. "Me sinto honrado de fazer parte desse movimento com todos vocês! Obrigado pela confiança de todos por renovar essa responsabilidade. E obrigado Duda Musa, por acreditar no skate e lutar por todos nós com tanta energia e dedicação como tem feito nessa caminhada comigo. Não recebemos nenhum real pra fazer essa frente toda. O fato de você se dedicar tanto, sem receber por isso, me deixa extremamente honrado em trabalhar com você. Mais skatista que muitos! Obrigado de coração. Falo de skatista pra skatista hoje. O outsider mais insider do mundo!", elogiou.

 

Sobre o autor

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Focado na cobertura olímpica, produziu o Giro Olímpico para o UOL e reportagens especiais para a revista IstoÉ 2016. Criador do Olimpílulas, foi colunista da Rádio Estadão e blogueiro do Estadão, pelo qual cobriu os Jogos do Rio-2016.

Está disponível para críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas no demetrio.prado@gmail.com.

Sobre o blog

Um espaço que olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. Aqui tem destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa.